Vìdeo – com gol ilícito, River Plate venceu o Club Nacional no Estádio Monumental de Nuñez

Por pouco o time paraguaio não conseguiu um merecido ponto em sua visita à Argentina, na última quinta-feira. A partida chegava ao fim, sem gols, e o River teve uma cobrança de falta, longe da área rival. O cruzamento foi feito, um zagueiro do Nacional tirou a bola de cabeça, e um do River devolveu, também de cabeça. Aí começaram as irregularidades.

Cristian Fabbiani, que recebeu a bola na área, não só estava em posição de impedimento como dominou a bola com o braço. Ele chutou e o goleiro Ignácio Don deu rebote, que Diego Buonanotte pegou e, sozinho, empurrou pro fundo da rede. Só que quando Fabbiani chutou, Buonanotte estava em posição irregular também. Ou seja, houveram três irregularidades claras na jogada.

Assista o lance no vídeo abaixo.

Os culpados desta vergonha são os brasileiros Heber Lopes, árbitro central da partida, e o bandeirinha Emerson Carvalho. Não pode ser que nenhum deles tenha visto alguma das irregularidades. Algo assim não pode acontecer em uma copetição do nível e importância da Copa Libertadores (não deveria contecer em nenhuma competição, mas fazer o quê). Isto é fase de grupos, mas imagina se fosse mais adiante.

O pior é que nessas situações sempre saem favorecidos os times “grandes”, dando mais a impressão de que é roubo, de que o árbitro viu e deixou passar para que o time ganhasse, de que é proposital e não apenas uma falha. Tomara que já não aconteça coisa semelhante.

Confira a tabela da Copa Libertadores 2009.


Technorati : , , , , , , , , , ,

Leave a Reply