21 Comentários em “Vamo Invadir – campanha da Nike e o Corinthians”

  1. […] Como é bom ver uma campanha legal como essa, que não precisou recorrer a erros de ortografia absurdos e imagens que incitam a violência. […]

  2. Nunca vi uma coisa dessa, um explicito modo vexatório de invejas de um palmeirense carente. Sem mais para o momento. Obrigado pela atenção. ”Vamos Invadir tudo” podia ser.

  3. Poh nada a ve, naum fala bestera velho, quando tu convida alguma pra i no cinema, tu fala:
    Vamos ir ao cinema ?

    não velho, intaum naum seja hipócrita…
    não é ser analfabeto, é pq todo mundo fala assim, a naum ser q tu tenha feito aula de etiqueta e bons modos e ou ser professor de portugues, dae sim…
    mas agora vim falá da maneira q todo mundo fala…
    ah da um tempo né..
    os cara taum cagando e andando pra o q tu pensa, os cara taum lá formado em publicidade e propaganda ganhando milhões com coisas assim, e vc ae fazendo comentários ridiculos…
    a e naum venha falá q eu to aqui falando um monte de coisa errada, já q aqui é a internet, intaum vale tudo
    ..
    flw ae malucO!

  4. Quanta injustiça por um simples comercial, e vc não é palmeirense mesmo, é são paulino invejoso, pra querer falar fino com aulas de etiquetas, só sendo bambi mesmo!
    É normal ter inveja, afinal qual outro video de time brasileiro apresentando o uniforme com o estádio, cheio vc tem ai?
    Não sei por que vcs teem tanta inveja do corinthians,e ainda se dizem melhores que agente, mais não conseguem nos esquecer, é ruim só fazer sombra para a real e verdadeira maior equipe do país, aprende a torcer primeiro, depois escreve suas besteiras ai!
    E já que o site é seu, vc pode usar sua ditadura pra esconder a verdade se quiser!

  5. Pra começar, quase nenhum corinthiano se importa de ser chamado de favelado, e já que vc quer um comentário que le agrade como resposta tudo bem!
    Na minha opinião, a direção de marqueting do corinthians tenta atender dois públicos alvos, as classes ricas e pobres de torcedores, se essa campanha se dirigisse ao publico A, talvez essa apresentação seria em algum auditório acolchoado da capital paulista, e obviamente outros termos seriam usados na cerimônia!
    Agora se vc realmente queiser ganhar dinheiro, é obvio que tem que entender o que seu torcedor pensa, como ele age, ter ele mais perto da sua marca. Essa é a forma utilizada pela diretoria, e a mais rentável do futebol brasileiro. Ou meu caro amigo não se lembra da campanha da camisa “eu nunca vou te abandonar , por que eu te amo, eu sou corinthians”, que na época chegou a vender 100 mil peças em poucas semanas!
    Futebol é um negócio meu caro amigo, “eu sou corinthians”, não é a expressão correta, mais vende!
    Eu não estou defendendo o português incorreto, até por que o português(brasileiro)é a “giria” do português original, isso significa a evolusão de um idioma, milhares de novas palavras ira ser incorporado ao dialeto português, até que daqui a algumas centenas de anos ele desapareça!
    Hoje todo mundo fala “você”, mais antes era “vos messie”. E então quer dizer que até essa classe elitizada que vc defende esta certa ?
    Critique escalações de times, esquemas táticos, não a cultura de uma torcida!
    Até por que, pra vcs do sul, falar “Farda” e “Peleia” é normal.Palavras até então desconhecidas em outras partes do país.
    Reveja seus pensamentos ditador tricolor!!!!

  6. Sinto muito meu amigo, futebol é pra homens mesmo, matar ou morrer é assim na Europa, Argentina,aqui e em qualquer lugar. ninguem aponta uma arma e pede que vc vá ao estadio, vc vai por que quer, hooligans existem desde o séc 19,e são descedententes das antigas legiões de cruzadas, é normal brigar, está no sangue! se não quer brigar, fique em casa assistindo payperwie.
    Pode me achar um louco, mais eu mato e morro pelo meu time, o que pra vc hoje é loucura, antes era patriotismo,quero ver se vc aceitaria ir pra guerra hoje defender seu país, o sua provincia gaucha.
    E não venha me falar, de português correto ou não, vc se acha normal sem saber o que é ser normal.
    Criar um página pra ficar atacando o dialeto dos outros, não é uma coisa normal a se fazer. Só porque a grande maioria da população não teve direito a um ensino decente, isso não é motivo pra chegar aqui e de descer a paulada no seu próprio povo!
    Mais respeito menino,quando vc ataca um, ataca todos!

  7. Eu não defendo direito algum, olha vc ai destorcendo minhas palavras, eu apenas disse que estádio é um lugar perigoso sim, todos sabem que quando vão ao estádio correm o risco de não voltar, mais mesmo assim continuam indo!
    E não existe essa história de sair espancando todo mundo, quem le isso, começa a ver torcedores como monstros, eu não sei como é vcs ai do sul, mais grandes agremiações como a Gaviões da Fiel, prega pela paz, aqui o lema não é ação, é reação.
    Se dentro do seu ponto de vista, vc acha normal ofender a cultura de outras pessoas, eu tbm posso achar normal brigar!
    Chineses comem escorpião, não é normal para brasileiros, mais é normal pra eles!
    Toda essa história começou porque vc atacou o regionalismo de um povo e não quer adimitir que está errado, justo vcs gauchos que pregam tanto o bairrismo!
    Se nós paulistas falamos errado ou não é problema nosso. Essa é a nossa cultura e deve ser respeitada, nós respeitamos a de vcs provincianos, a grande verdade é que tudo que não é do RS é lixo pra vcs, o mundo de vcs é esse, até o idioma vcs querem mudar. E não venha me dizer que estou errado em relação a isso. Os professores ensinam as crianças a falar o gauches . Palavras que eu não encontro no Dissionário, saem de suas bocas, mais eu respeito isso, é apenas questão de aprender a conviver com as diferenças.
    Vc me acha louco? ache sim, sou mesmo, louco pelo corinthians, vc não sabe o que é ficar doente depois de perder uma final, vc não sabe o que é sair do estádio roco, sem dinheiro, mais feliz, feliz por que por algumas horas se sentiu no céu.
    Encontre algo pelo que viver e ai sua vida valerá apena, mais nunca desrespeite outras pessoas por gostar de coisas que vc odeia.O mundo só está essa merda por que existem pessoas como vc que só apontam o problema(como o analfabetismo), mais não fazem nada pra rezolver, ou vc pensa que escrever um artigo em uma pagina militarizada vai mudar o mundo?
    Ah, esses doentes mentais como vc chama as organizadas do corinthians, sabe o que elas fazem?
    elas doam cestas basícas as familias carentes da região. Para aqueles que não sabem, a cede da Gaviões é perto da marginal tiete, quando aquele rio alaga, quem vc acha que arruma um abrigo pra grande parte daqueles moradores em? quem vc acha que consegue cobertores e alimentos para aquelas pessoas? Não é a prefeitura não!
    “Vc só pode dizer o quanto vale alguma coisa, quando terminar de conhecer os dois lados da moeda”
    Um abraço meu caro amigo e torce por nós hoje a noite!

  8. Obrigado pelo filme , amigo, desculpe-me qualquer insulto!!!!

  9. bom dia!!! ja viu aquela historia, que um sujeito vai no teatro, e assiste uma peça por duas horas, e acontece um erro de palavras trocadas!!! e o tal sai falando só sobre o erro que durou segundos….mas como o poo gosta de apontar erros….

  10. Olha, Alex, sinto muito, mas o seu post sobre a campanha da Nike foi realmente infeliz. Sou publicitário e esta campanha foi uma ótima campanha e o erro de ortografia não quer dizer absolutamente nada. Muito pelo contrário: me surpreendeu o fato de eles terem deixado a letra “R” na palavra “INVADIR”. Na minha opinião teria que ser como as coisas são, erradas ou não: VAMO INVADI. Não importa que esteja errado ou não, pelo menos neste caso especificamente. Isso, meu amigo, é a cultura brasileira. O falar errado, o escrever errado faz parte da vida de todos nós, tanto da minha quanto da sua inclusive. E pode ter certeza que pelo menos 50% do sucesso absurdo da campanha deve-se ao fato desta pequena frase de duas palavras. Duas palavras escritas erradas mesmo.

    Antes de criticar alguma campanha publicitária pelo seu “erro” ortográfico (digo “erro” porque, sinceramente, só vê como um erro quem quer, não preciso dar mais explicações), por favor, peço que estude um pouco os conceitos da propaganda brasileira. É o mínimo que você faz. Mas respeito completamente sua opinião. Olhe a sua volta novamente e você perceberá mais e mais erros. E você mesmo falou. Você mesmo sabe porque eles estão presentes. Em parte, para uma marca se aproximar mais de um determinado consumidor. O que a Nike fez foi dar atenção, foi, com a frase, segmentar seu mercado (procure por Marketing Segmentado) e, com isso, claro, obteve êxito.

    Sinceramente..
    Você ainda acha que vale a pena criticar uma campanha ou uma empresa DE PROPAGANDA por um mero erro ortográfico que só não está de acordo com as regras da língua Portuguesa? Se sim, sinto muito. Se não, seja bem vindo ao mundo da propaganda. Mundo este em que regras não existem. O que existe é paixão. Seja mais um a amar o que a propaganda esconde. Principalmente a Brasileira.

    Um abraço!
    Tudo de bom!

  11. Alex, sabe aquele ditado ” Pimenta nos olhos dos outros é refresco”. Como professora de português, posso afimar que na sua resposta para o Bruno, você cometeu um erro ortográfio, um erro tão banal que jamais uma pessoa a qual se diz entendida da língua portuguesa, cometeria.
    “Bruno, entendo perfeitamente por quê o nome da campanha…”
    Esse por que não tem acento, conforme a regra gramatical.
    Respeite a oralidade das pessoas,pois a propaganda foi muito feliz em atingir o seu público alvo.

  12. intoci num tava erradu cambada
    vamu invadi

Leave a Reply