Paraguai 2 x 0 Brasil – Eliminatórias da Copa do Mundo

Outra má apresentação da seleção brasileira. Há alguns dias foi derrota 2 x 0 contra a Venezuela, no amistoso, agora o mesmo resultado contra o Paraguai. Mais um vexame.

Até quando?

O primeiro tempo foi todo paraguaio, foram poucas as vezes que o Brasil pisou a área do adversário. Os jogadores complicaram muito o jogo, fazendo passes forçados, abusando do individualismo, e tentando jogar sempre onde haviam mais marcadores paraguaios.

O gol de abertura dos paraguaios veio de um escanteio; a bola cruzou toda a área, rasteira, e Santa Cruz, livre na segunda trave, mandou pro fundo da rede. Um chute de Cabañas tinha batido na trave dois minutos antes. Desatenção da defesa do Brasil.

A seleção fez o jogo muito lento; não houve sequer UMA jogada em velocidade do Brasil em TODO o jogo, facilitando, e MUITO, o trabalho da defesa do Paraguai.

Os jogadores brasileiros simplesmente não sabiam o que fazer com a bola. Robinho passou desapercebido na lateral esquerda durante o segundo tempo. Luis Fabiano só tocou a bola quando desceu até o meio-campo para buscá-la.

Somente duas vezes o goleiro paraguaio foi exigido, com dois chutes fortíssimos do Anderson, que entrou para o começo do segundo tempo. Fora isso, foi uma tarde tranquila para o goleiro Justo Villar.

A vantagem numérica, pela expulsão de Verón aos dois minutos do segundo tempo, não serviu de muito. O segundo gol paraguaio veio um minuto após, em uma jogada veloz (das que o Brasil não teve), com a defeza brasileira desatenta. Aos onze minutos, Cabañas acertou o travessão de Júlio César; não foi gol por puro milagre.

O Brasil (com um jogador a mais) teve maior posse de bola durante todo o segundo tempo, mas não soube aproveitar. Faltaram idéias, ou melhor, não houveram idéias abslutamente. Dá a impressão de que o Dunga apenas determinou as posições dos jogadores, sem dizer-lhes o que fazer.

A seleção abusou de cruzamentos muito previsíveis, frontais, imprecisos ou que viajavam tão lentamente que ficava fácil para a defesa paraguaia. Não havia alguém jogando na entrada da área, pra fazer um passe de gol, pra tentar um chute ou, pelo menos, receber uma falta que levasse perigo ao gol adversário.

Temos jogadores de MUITA categoria. Então, por que RAIOS ninguém tentou uma tabela? O Brasil NUNCA entrou na área com a bola dominada (a não ser naquele erro da defesa paraguia, que o Robinho e o Luis Fabiano desperdiçaram incrivelmente, ainda no primeiro tempo).

Era cruzamento após cruzamento, pura perda de tempo, e nenhum encontrou a cabeça de um brasileiro. Pensei que em algúm momento os jogadores tentariam algo diferente, mas não, foi assim até o final.

O que a seleção brasileira teve? NADA. NADA. NADA. E o Dunga? Olhava, olhava, e olhava pensativo. Indicações? Poucas, ou nenhuma. Dava para ver que ele não tinha a mínima idéia de como reverter a situação.

Ele simplesmente não sabe fazer a seleção jogar de acordo com o potencial que ela tem. Categoria há de sobra nela, falta comando. Inclusive nas vitórias, na Copa América e nestas Eliminatórias, a seleção de Dunga jogou em baixo nível.

Como eu já disse, prefiro alguém experiente para ocupar o cargo de técnico. E mesmo que o Brasil vença a Argentina no Mineirão, na próxima quarta-feira, o Dunga tem que ir embora. Ele não fez méritos para continuar o comando.

Confira a tabela de posições das eliminatórias da Copa do Mundo.


Technorati : , , , , ,

3 Comentários em “Paraguai 2 x 0 Brasil – Eliminatórias da Copa do Mundo”

  1. É, Alex, pensamos na mesma coisa em relação ao técnico Dunga: Até quando?! Só não concordei com a sugestão feita no meu blog (http://oblogdoxan.blogspot.com): o Dunga ser o novo técnico do Corinthians… para afundar mais? hahaha Um abraço e obrigado pela visita, XAN.

  2. Fala Alex! Parabéns pelo blog! Mto bem feito!! Quanto ao texto, concordo que o Dunga já passou da hora de pegar o boné e ir embora e que ontem fizemos uma apresentação muito ruim. Mas como disse no Em Cima do Lance (http://www.emcimadolance.com.br/) a sorte do Dunga é que contra a Argentina geralmente não precisamos do técnico… e aí ele vai ficar pra nos envergonhar na rodada seguinte!! Valeu a visita! Abraços!

  3. XAN, tens razão. Se Dunga for o técnico, o Corinthians não pára, não pára, não páaaaara de afundar. xD Obrigado, Fábio. 🙂 Também gostei muito do Em Cima do Lance. Com um técnico assim, só os jogadores podem salvar a seleção, mesmo. Vamos ver o que acontece amanhã… Abraço.

Leave a Reply