Manchester United campeão do mundo no Japão

O Manchester United se consagrou campeão do mundo ao vencer a LDU por 1 a 0 na final do Mundial de Clubes da FIFA de 2008, com gol marcado por Wayne Rooney.

Venceu o time que fez méritos para levantar o troféu de campeão do mundo. O Manchester jogou com sempre o faz, atacando, se valendo de suas figuras, e defendendo bem em conjunto. A LDU entrou em campo para especular, não para jogar futebol. O técnico Edgardo Bauza armou o time equatoriano só para defender, e esperar um milagre que lhe desse a vitória.

Troféu do Mundial de Clubes da FIFA

Sinceramente, eu tenho nojo de times assim. Antes da partida eu queria que a LDU tirasse esse título do Manchester, que achava que tinha a vitória garantida, mas o que a equipe sul-americana mostrou (ou não mostrou) me fez desejar que o Manchester ganhasse. A equipe inglesa suou muito no segundo tempo (produto da expulsão boba de Vidic) e acabou merecendo a conquista.

O primeiro tempo foi todo do Manchester, que teve toda a posse de bola e várias chances de gol, mas pouca sorte. Os jogadores da LDU não puderam parar Ronaldo, Tevez nem Rooney. O que salvou a LDU de uma goleada foi, como sempre, o goleiro Jose Cevallos, que fez várias defesas difíceis. O placar se manteve em 0 a 0 no final do primeiro tempo, muito mais do que a medíocre LDU merecia.

O milagre que a LDU tanto esperava chegou aos 4 minutos do segundo tempo, quando Nemanja Vidic deu (ou tentou dar) uma cotovelada no rival. O golpe não foi forte, mas a conduta antidesportiva mereceu o cartão vermelho exibido pelo árbitro da partida. Com um homem a menos, os jogadores do Manchester tiveram que se esforçar mais, tanto para atacar como para defender. A LDU se adiantou no campo, teve um pouco mais a bola, porém continuou com a mesma falta de criatividade e técnica, não gerando chances de gol.

A única coisa que fez notar o homem a menos foi a perda de volume de jogo do Manchester, que ainda assim continuou tendo oportunidades para abrir o placar. Alejandro Manso foi quem mais tentou no time equatoriano. Ele chutou uma vez à gol, Neicer Reasco chutou outra e van der Sar respondeu bem em ambas ocasiões. Mesmo tendo a situção facilitada, a LDU incrivelmente continuou especulando, acho que esperando mais um erro do rival, como um gol contra. O Manchester não deu mole, e encontrou o merecido gol da vitória aos 28 minutos do segundo tempo. Na entrada da área, Ronaldo passou para Rooney na esquerda, que chutou forte e cruzado, sem chances de defesa para Cevallos.

Como todo time medíocre que fica só enrolando e esperando milagres para ganhar, depois de levar o gol a LDU saiu desesperada em busca do empate. Obviamente, a carência técnica e o esquema defensivo de Bauza impediram a LDU de encontrar a igualdade no placar. Sem contar que a equipe equatoriana não merecia o empate e muito menos o título. Um campeão do mundo, ou alguém que aspira a esse título, que não joga futebol é ridículo, vergonhoso.

Assista no vídeo abaixo os melhores lances de Manchester United 1 x 0 LDU pelo Mundial de Clubes da FIFA Japão 2008.

Até o Gamba Osaka jogou MUITO melhor que a LDU, que também não foi grande coisa contra o Pachuca. Eu (quase) sempre prefiro que a equipe sul-americana ganhe, só que desta vez isso seria uma derrota feia para o futebol.

Parece que Bauza vai deixar a profissão de técnico e vai ser comediante, pois na entrevista para a tv disse que a LDU fez um grande jogo, principalmente no segundo tempo. Pfff.

Confira a tabela do Mundial de Clubes 2008, com a lista completa dos jogos, seus resultados e links para vídeos das partidas.


Technorati : , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Um Comentário em “Manchester United campeão do mundo no Japão”

  1. Mas os times sul-americanos estão perdendo todos os bons jogadores para Europa, é normal que haja uma diferença tecnica em relaçao aos times europeus. É só ver os 2 times brasileiros que ganharam as 2 finais: o sao paulo jogou um futebol ridiculo contra o Liverpool e pelo que apresentou tinha que ser goleado; o Inter jogou um pouco melhor, mas o Barça dominou todo o jogo.

Leave a Reply