Copa Sul-americana 2008 – Universidad Católica Acaba com a Ilusão do River

Copa Sul-americana

O primeiro jogo da Chave 4 da fase preliminar terminou 2 x 0 para o River Plate do Uruguay. Com essa vantagem, os charrúas foram ao Chile, tentando avançar na primeira participação internacional do clube uruguaio.

O técnico Carrasco armou a equipe com o mesmo propósito do jogo no Estádio Centenário: atacar. Um gol do River obrigaria a Universidad Católica a vencer por três gols de diferença para se classificar. Com a necessidade de fazer ao menos dois, pra levar a definição aos pênatis, a equipe chilena também foi com tudo pra cima do adversário, abandonando a formação conservadora do primeiro jogo da série.

O River começou melhor, e teve uma boa chance pra abrir o placar aos três miutos de jogo, mas o goleiro Buljubasich impediu o gol. Um gol do River tão cedo praticamente acabava com a série. Com as duas equipes jogando de forma ofensiva, o primeiro gol da partida não demorou pra sair. Aos oito munitos Milovan Milosevic fez o 1 x 0 para a Universidad Católica.

A equipe local deixou muitos espaços na defesa, mas os uruguaios erraram TODOS os passes no ataque, não davam pé com bola, não aproveitaram nem uma das tantas vezes que a defesa do time local ficou aberta. Fiquei abismado com o nervosismo dos jogadores do River, que não certaram UM passe no ataque após o primeiro gol do jogo. Se os uruguaios tivessem sido um pouco mais precisos, teriam deixado seus companheiros sozinhos pra definir cara-a-cara com o goleiro rival, mais de uma vez.

No minuto 40, Milosevic aumentou a diferença, com um chute forte de fora da área. O primeiro tempo terminou 2 x 0 para a U. Católica.

O técnico Carrasco não se intimidou, e trocou o volante Rizotto pelo atacante Souza, para fazer a equipe ainda mais ofensiva, procurando o gol que desse a classificação ao River. Infelizmente pra ele, chegando aos quinze minutos do segundo tempo, o zagueiro Marco González fez o terceiro gol da U. Católica, de cabeça. Ainda assim, o River se classificaria por gol de visitante caso conseguisse o 3 x 1. Não tinha jeito; os uruguaios simplesmente não acertavam um passe no ataque.

O 3 x 0 classificava a U. Católica, mas o 3 x 1 a eliminava. Em vez de tomar uma postura defensiva, a equipe chilena foi em busca do quarto gol, que lhe desse tranquilidade. E chegou o gol, marcado por Luis Núñez, aos 37′ do segundo tempo. O River até tentou mas, sem precisão, nem teve uma chance clara de gol.

Final: Universidad Católica 4 x 0 River Plate.

Desta vez, o esquema ofensivo do técnico Juan Ramón Carrasco não funcionou, mas foi porque os jogadores não tiveram calma, não puderam suportar a pressão de defender o clube em sua primeira participação a nível internacional.

A equipe chilena se classificou para a primeira fase da Copa Sul-americana 2008, onde enfrentará o ganhador da Chave 1, disputada entre o Olímpia, do Paraguai, e o Blooming, da Bolívia.

Confira a tabela e a lista de jogos, com datas, horários e resultados, da Copa Sul-americana 2008.

Leave a Reply