Argentina empata com Paraguai em Buenos Aires pelas Eliminatórias da Copa de 2010

Eliminatórias da Copa do Mundo África do Sul 2010

Mesmo jogando em casa, a seleção argentina teve muitas dificuldades para arrancar um empate do Paraguai, na sétima rodada das Eliminatórias Sul-americanas. A torcida argentina, que lotou o Monumental de Nuñez, ficou muito decepcionada com o baixo rendimento coletivo da sua seleção. Ao igual que na partida anterior no Monumental, contra a Colômbia , o que salvou a Argentina foram suas individualidades.

O começo do jogo foi favorável aos locais, que tiveram algumas boas chances de gol. A melhor foi uma cobrança de falta do Riquelme, que bateu no travessão, enquanto o goleiro Villar apenas podia observar.

Messi e Tevez comandavam o ataque argentino, com jogadas velozes, driblando os paraguiaos e invadindo a área rival. O Paraguai pôde suportar esses ataques, se fechando bem na defesa, e tentando revidar nos contra-ataques.

A Argentina jogava melhor, mas perdeu o rumo aos 13 minutos, ao ficar em desvantagem no marcador. Após um chutão pra frente da defesa paraguaia, a bola quicou na entrada da área argentina, o goleiro Abbondanzieri saiu longe e se chocou com Heinze, que, sem perceber a saída do goleiro, cabeceou a bola por cima dele. Na trombada, Abbondanziere machucou o joelho direito, e teve que ser substituido pelo reserva Carizzo.

A torcida paraguaia, que foi em massa ao Monumental, festejou muito o gol. Nos minutos seguintes, os argentinos mostraram muito nervosismo, erraram muitos passes, e não encontraram mais o caminho do ataque. No restante do primeiro tempo pouco aconteceu, pois a Argentina se perdeu em campo, e o Paraguai, que encontrou o gol sem esforço, não fazia nada, como se estivesse esperando que outro presente resolvesse o jogo.

E chegou. Aos 30 minutos, Tevez deixou o pé em uma dividida com o paraguaio Verón, na maldade, e viu o cartão vermelho. O Paraguai tinha a partida servida, e no entanto não aproveitou, gerando muito pouco no ataque, por pura falta de vontade.

A Argentina voltou ao segundo tempo decidida a atacar, enquanto o Paraguai, com poucas pretensões, parecia apenas querer manter o resultado pouco merecido. A vontade de cada equipe marcou a diferença, e o jogo virou para os locais que, mesmo com um a menos, dominaram o segundo tempo. Parecia que era o Paraguai que jogava em desvantagem numérica.

Aos 16 minutos, Messi fez uma boa jogada e passou a bola para Aguero, que entrou na segunda etapa, definir cruzado: 1 a 1. O Paraguai continuou fazendo onda, a Argentina errando muito mas atacando. Aos 25 minutos, Coloccini quase virou o jogo, mas errou a definição de cabeça na pequena área. Os argentinos tiveram mais duas ou três chances, não tão claras, enquanto os paraguios tiveram apenas uma em todo o segundo tempo, com uma boa definição de cabeça de Valdez, para a excelente defesa de Carizzo. O placar não mudou, e a partida terminou 1 a 1.

Para o Paraguai foi um bom resultado, pois continua líder da tabela, com 14 pontos. Contudo, os paraguaios disperdiçaram a oportunidade de disparar na frente, caso tivessem aproveitado quando o rival estava caído. Para a Argentina o resultado é muito ruim; não pela posição na tabela, pois é a segunda colocada com 12 pontos, senão porque é o seu quarto jogo sem vitória, acumulando uma derrota e três empates seguidos.

Na próxima rodada o Paraguai pega a Venezuela em casa, enquanto a Argentina enfrenta o Peru, em Lima.

Confira a tabela de posições das eliminatórias da Copa do Mundo.


Technorati : , , , , , ,

Leave a Reply