A inacreditável façanha do Santos Laguna na Liga dos Campeões da Concacaf

No jogo de ida das quartas-de-final, o Impact, do Canadá, havia derrotado a equipe mexicana por 2 a 0, em Montreal. A chave seria decidida no México, no estádio Corona, na cidade de Torreón. O Santos precisava vencer pelo mesmo placar para forçar os pênaltis, ou por três gol de diferença para passar direto para a próxima fase.

A tarefa parecia simplificar-se aos 15 minutos de jogo, quando Christian Benítez abriu o placar, de cabeça. No entanto, Roberto Brown empatou para o Impact aos 23′, e a partir desse momento, o critério de gols de visitante se fazia um grande aliado da equipe canadense. O Santos teria de vencer por três de diferença. Para piorar, aos 34′ Eduardo Sebrango virou o jogo para o Impact. Com esse duro golpe os mexicanos foram para o intervalo.

Nos 45 minutos restantes deveriam marcar quatro gols, sendo que até então haviam jogado 130 minutos na série e balançado a rede apenas uma vez. Com muita garra e vontade, voltaram para o segundo tempo. Logo aos 8 minutos, Vicente Matías Vuoso empatou para o Santos. Os minutos passavam e o placar continuava inalterado. Somente aos 28′ chegou o terceiro da equipe local, novamente dos pés de Matías Vuoso.

Fim do tempo regulamentar. Se consumia o segundo de quatro minutos de acréscimo, e o placar era o mesmo. O Santos precisava de dois gols ainda, mas não desistiu. Continuou atacando, com mais força. Entrando no terceiro minutos de acréscimo, Carlos Darwin Quintero marcou o 4 a 2. Agora apenas faltava um gol, e também apenas sobrava um minuto de jogo. Aos 48 minutos e 10 segundos o árbitro ignorou um claro pênalti de

sobre Walter Jiménez, mas os mexicanos não se abalaram com isso. 30 segundos depois, Quintero apareceu novamente para marcar o inacreditável gol da classificação. A torcida mexicana foi à loucura. Os jogadores do Impact levaram as mãos à cabeça, incrédulos do que acabava de acontecer.

O resultado global ficou em 5 a 4 para o Santos Laguna, que ganhou a partida, a classificação para as semifinais, moral para o resto do ano, e um lugar na história do futebol. O resumo da partida, com os gols, está no vídeo logo abaixo. Se preferir, você pode assistir os minutos finais desta façanha no segundo vídeo, que pra mim, é o mais interessante.

E viva o futebol!


Technorati : , , , , , , , , , , , , , , , ,

Leave a Reply